OCCA PRESENTATION maio3.jpg

Miguel Mendes

Occa Membership

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram

Miguel Mendes é músico (baixo elétrico, sintetizador e live eletronics), produtor musical, professor, pesquisador e produtor cultural. Tem desenvolvidos trabalhos que envolvem improvisação, música popular, sound design, arte multilinguagem e tecnologia.

 

É mestre em Jazz Performance pela Universidade de Aveiro/Portugal.

Formado no curso técnico em contrabaixo elétrico do Conservatório Pernambucano de Música e Licenciado em Música pela Universidade Federal de Pernambuco.

 

Também é formado em direito pela UFPE tendo estudado direitos autorais e seus limites na internet. Como músico, atua em diversos projetos musicais em Pernambuco como o Estesia, Flaira Ferro, Angelo Mongiovi Trio, Bande Dessinée e Ítalo Sales Quarteto. Já colaborou com projetos como: Martins, bandavoou, Marcello Rangel, Circular Caxangá, Magriffe, Maxambomba, Antúlio Madureira, André Rio e Flor do Muçambê. Como produtor musical trabalha no duo Pachka que produz trilhas sonoras para teatro, dança e instalações, tendo sido premiado com o prêmio APACEPE/2012.

 

Já produziu trilhas sonoras como "Dinamarca" (Magiluth, 2017), "2500 por hora" (BB Produções/RJ, 2015) e "Rei Lear" (Remo Produções, 2014). Recebeu em 2018 o convite do Quinteto Violado para participar da Abertura do Carnaval do Recife desenvolvendo uma cena sobre o frevo do futuro.

 

É professor de música, teoria musical, prática de conjunto, improvisação, sonoplastia e produção musical. Foi professor de sonoplastia do Curso de formação de Atores do SESC/PE, tendo assinado a trilha da peça de conclusão do curso premiada no festival universitário "A Ponte" do Itaú Cultural/SP. Como produtor cultural aprovou dois projetos nos Editais de Música do Funcultura: "Novos Caminhos para a Performance Musical no Estado de Pernambuco" (pesquisa, 2017) e "Computadores Fazem Arte: Curso de Ferramentas Digitais para o Músico Popular" (formação, 2019).

 

Em 2018 realizou o "Encontro de Criadores e Pesquisadores de Música e Tecnologia". 

>

>