OCCA PRESENTATION maio3.jpg

Felipe de Moraes Chaves

Occa Membership

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram

​ Recife me concebeu Os livros me abriram o mundo Os horizontes me perderam ao sonho E tudo se fez vida ​ “... tenho interesse pelo que é humano, radicalmente humano” “... mas que há além que não sejam só distrações para o reencontro?” “... humano de tantos descaminhos, onde descanso?”

Recife me concebeu

Os livros me abriram o mundo

Os horizontes me perderam ao sonho

E tudo se fez vida

“... tenho interesse pelo que é humano, radicalmente humano”

“... mas que há além que não sejam só distrações para o reencontro?”

“... humano de tantos descaminhos, onde descanso?”

Doutorando num design que só aprisione no verdadeiro encontro; mestre e ex-professor

de uma economia de um homem aprisionado em si mesmo (me desculpem, alunos!);

graduado numa eletrônica em que o analógico ainda falava tanto quanto o digital;

estudante e leitor de tudo; escritor de linhas ainda tímidas de se mostrarem ao mundo.

Governo por duas décadas e meia – políticas de desenvolvimento, captação de negócios,

incentivos fiscais, apoio a comunidades produtivas, e, mais recentemente, para abrir

espaço para outros projetos, a função básica do cargo em que entrei: auditoria fiscal.

Projetos, ideias? Todo dia um, uma. Vivo em paralelo, ainda mais quando o humano, o

radicalmente humano, fala tanto e tão proximamente de seus aprisionamentos, de suas

misérias, de suas impedâncias. Circuitos paralelos dividem a corrente, a capacidade de

realizar trabalho. Grupos de humanos em encontro são sempre uma fonte de maior

potência, foi assim desde a maravilha de conquistas da espécie. É assim que deve ser na

OCCA.

>

>